Monitoramento da Informação

Além desta estrutura física e de recursos humanos, é preciso Em 2016, 250 mil crianças serão diagnosticadas com câncer no mundo. Segundo Lima Barreto, “Não é só a morte que iguala a gente. O crime, a doença e a loucura também acabam com as diferenças que a gente inventa.” Na realidade, nem a morte iguala as diferenças que a gente inventa. Em países desenvolvidos, após cinco anos de doença, 80% das crianças com câncer estão vivas. Em países com menos recursos, somente 40% estarão vivas.
Miren Maite Uribe Arregi - Instituto do Câncer do Ceará

Infraestrutura de diagnóstico e tratamento

Além desta estrutura física e de recursos humanos, é preciso garantir tratamento a partir de protocolos clínicos, acesso aos exames necessários no tempo pré-determinado em cada protocolo e o acompanhamento durante o tratamento.
Teresa Cristina Cardoso Fonseca - Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica

Principais causas de mortalidade infantojuvenil e anos potenciais de vida perdidos

O impacto do câncer em crianças e adolescentes tem que ser levado em consideração por gestores e pela sociedade como um todo, pois leva a problemas socioeconômicos diretos. As sequelas devido ao tratamento, bem como a perda de anos de potenciais de vida produtiva afeta diretamente o contexto econômico de toda uma população.
Alfredo Scaff e Rejane Reis – Fundação do Câncer

Estimativa x casos diagnosticados de cancer infanto-juvenil

Notadamente no Brasil, os registros de câncer têm contribuído cada vez mais para o esclarecimento dessas morbidades uma vez que apenas os dados de mortalidade não são suficientes para a descrição de um cenário abrangente. Juntos, esses sistemas de informação contribuem para o fortalecimento da multiplicidade de olhares que enriquecem a reflexão crítica dos resultados. Ao reunir essas informações potencializa-se a contribuição dos registros de câncer com a política nacional de prevenção e controle.
Berenice Navarro – Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

População infantojuvenil e estimativa de incidência de câncer

Pensar demografia é sempre um expediente rico e potencialmente complexo, em função de tendências que se alteram, dificultando a explicação daquele fenômeno inesperado. Alcides Carneiro - Instituto Pereira Passos

O número de casos distribuído pelas regiões de saúde reflete a densidade demográfica dessas. A estimativa por região de saúde, possibilita o melhor planejamento, otimizando recursos e esforços que resultem num diagnóstico precoce e facilidade de acesso. Marceli Santos – Instituto Nacional de Câncer

Cartilha com orientações para cuidadores de crianças e adolescentes com câncer

A ideia de construir coletivamente esta cartilha surgiu no 2º Fórum de Oncologia Pediátrica, em 2013, com o objetivo de oferecer a mesma orientação para pais e pacientes com câncer atendidos nos diferentes hospitais. Assim, profissionais com diferentes formações e ampla experiência no tratamento trabalharam com base nas dúvidas mais frequentes e selecionaram as principais informações para quem está iniciando esta jornada.

Diagnóstico Precoce do Câncer Infantil: Responsabilidade de Todos

Alertar para a necessidade do conhecimento e investigação dos sinais e sintomas iniciais do câncer infantil, bem como para a responsabilidade de todos envolvidos no processo do seu diagnóstico precoce a fim de melhorar os nossos índices de cura. MÉTODOS. Revisão da literatura através de consulta ao Medline. RESULTADOS. O diagnóstico do câncer infantil é um processo complexo e muitas são as variáveis que parecem influenciá-lo. A detecção precoce e o pronto início do tratamento têm importante papel na redução da mortalidade e morbidade do tratamento. O melhor entendimento da relação entre estes fatores é de fundamental importância para o desenvolvimento de estratégias de saúde pública para detecção precoce do câncer infantil. CONCLUSÃO. Muitos fatores parecem estar associados ao atraso do diagnóstico do câncer infantil. O tempo que decorre entre o primeiro sintoma e o diagnóstico depende da idade da criança e do tipo do tumor, principalmente. Determinar os sinais e sintomas que devem alertar para a possibilidade de doenças malignas ainda é um desafio.

MISSÃO
Garantir que crianças e adolescentes com suspeita de câncer cheguem precocemente aos centros de diagnósticos e de tratamento que integram o Sistema Único de Saúde (SUS) no estado do Rio de Janeiro.